RAPHAEL COSTA BASTOS

Do paisagismo à arquitetura de interiores numa só prancheta

Raphael Costa Bastos

Paisagista e arquiteto de formação, criação e vocação, Raphael Costa Bastos é do tipo que não para. Nunca! Com o pai, Adelcio Bastos, também paisagista, assinou o projeto paisagístico dos 13 quilômetros de orla dos rios Sarapuí, Botas e Iguaçu na Baixada Fluminense, das vias expressas Transcarioca e Transolímpica e de dezenas de residências pela cidade. 

Mas, inquieto, Raphael resolveu jogar em outras frentes. Desde 2010, é o responsável pelos projetos executivos de quadros como “Lar doce Lar” e “Todos por Um”, do Caldeirão do Huck, da Globo. E, vez por outra, ainda ajuda a adaptar e viabilizar os cenários de outras produções. É dele, por exemplo, a parte verde da favela criada dentro do Projac para servir como cenário principal da novela I Love Paraisópolis. 

E não para por aí. O arquiteto agora se lança em mais um desafio: a arquitetura de interiores. Raphael até já participou de duas edições da Casa Cor carioca, mas agora ele quer entrar com tudo nesse universo. Tanto que unificou todas as suas muitas operações – que antes eram feitas em escritórios separados – num único local. A Costa Bastos Arquitetura & Paisagismo que acaba de ganhar novo escritório em Vargem Pequena, pertinho do sítio onde mora. Afinal, com tantas coisas para fazer, não daria mesmo para perder muito tempo no trânsito.

A escolha pelo bairro afastado, que pode parecer estranha, faz todo sentido. Raphael mora num sítio onde fica boa parte das mudas usadas nos projetos paisagísticos, feitos em parceria com o pai, que atua na área há mais de 30 anos. Um grande atelier.

Foi com ele que Raphael começou a trabalhar, ainda menino, aos 14 anos.  Mas, mesmo com a escola paterna, foi estudar. Cursou arquitetura, urbanismo e paisagismo.

“Quis me tornar abrangente para poder desenvolver um projeto completo”, conta ele, que mesmo delegando alguns projetos para a sua equipe, não abre mão de ter o controle sobre tudo.

Costa Bastos